AS REGRAS PARA OS FABRICANTES e A ETIQUETA DE HOMOLOGAÇÃO

Todas as empresas que produzem ou importam cadeiras auto no Brasil devem respeitar as prescrições da Diretiva da norma NBR 14400 que define os critérios de projeto, homologação e produção.

Antes de ser enviado para o mercado, cada produto é submetido a um processo específico de homologação efetuado por laboratórios certificados, que garante ao consumidor que a cadeira auto satisfaz os parâmetros previstos na lei.

Cada cadeira produzida e homologada em conformidade com as normas dispõe de etiqueta de homologação.

Esta etiqueta representa uma espécie de carteira de identidade da cadeira auto e indica as suas características principais. Antes de comprar, é importante verificar se a etiqueta está presente no produto, geralmente aplicada na parte de trás ou na base da cadeira e facilmente reconhecível, porque é cor-de-laranja.

Marca/Fabricante

Marca/Fabricante

Compatibilidade com o automóvel

Grupo de massa/Faixa de peso

Marca de homologação
O nº refere-se ao país que emite a homologação
(1 Alemanha, 2 França, 3 Itália, 4 Países Baixos, 5 Suécia, 11 UK)

Número progressivo de produção (Lote)

Número progressivo de produção (Lote)

Norma de referência

USADO NÃO GARANTIDO

É desaconselhada a utilização de cadeiras em segunda mão, porque poderão ter sofrido danos ou desgaste, mesmo não visíveis.

É importante não utilizar cadeiras que tenham estado envolvidas num acidente. Os testes dinâmicos efetuados em laboratórios certificados, que simulam acidentes na estrada, demonstraram que algumas partes da cadeira, já submetidas a esforço, podem ceder mais facilmente.

Por outro lado, as cadeiras usadas não trazem, muitas vezes,
manual de instruções, indispensável para uma instalação
e uma utilização corretas.

Artsana S.p.a. — Copyright 2012 — partita iva 123172744583945 — info@artsana.it